Bem vindos, ao meu primeiro dia de Blog...

Será que essa coisa vai funcionar, bom vamos tentar!
Tento a mais de dois anos, com erros de gramática e de português, escrevo para saciar coisas que tenho dentro de mim.



sábado, 28 de setembro de 2013

Me embriago neste coma farto.

Eu me desprotejo das vontades e quereres, me dispo da idade e vivo
Insensato e feliz, não ligo com o que eu penso e mais uma vez eu rio.
Me solto com tudo e volto no tempo como só quem sonha sabe sentir
E eu me visto de capa e espada e corro com o meu cavalo de pau
E de novo eu Percorro lugares e troco os ares para me perder por ai
Salvo meu castelo dos invasores e encho meu fosso de cachaça.
E inebriado neste coma farto, me embriago e enquanto me atordoo
escuto tuas palavras que me fazem cair dos meus joelhos num fundo buraco
E enquanto todos os meus desatinos me salvam, escrevo palavras que não são nada e
Em comum com minhas verdades, são orgias de frases que me fazem apenas
Pensar letra a letra que as minhas fantasias são peças baratas de uma historinha

E que apesar das belas imagens e grande eloquência nem chegou a vingar por ai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário